coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Spread médio no crédito cai ligeiramente em julho

O spread bancário médio do crédito livre recuou marginalmente para 23 pontos porcentuais em julho, de 23,2 pontos porcentuais em junho, informou o Banco Central. Foi o quinto mês consecutivo de recuo do spread, que acumula baixa de 3,9 pontos porcentuais no acumulado do ano até julho.

CÉLIA FROUFE E EDUARDO CUCOLO, Agencia Estado

30 de agosto de 2012 | 11h22

O spread médio da pessoa física caiu de 28,5 pontos porcentuais em julho para 28,4 pontos porcentuais em junho. O diferencial de taxa para a pessoa jurídica oscilou um pouco, passando de 15,9 pontos porcentuais para 16 pontos porcentuais.

O Banco Central informou ainda que, no mês passado, a taxa de captação dos bancos nas operações de crédito livre recuou 0,2 ponto porcentual para 7,7 pontos porcentuais ao ano em julho.

O Banco Central nesta quinta-feira que o juro médio do crédito livre voltou a cair em julho, ficando em 30,7%, ante 31,1% verificados em junho. Em maio, estava em 32,9%. A taxa média do crédito livre para pessoa física recuou de 36,5% para 36,2% de junho para julho, enquanto o da pessoa jurídica recuou de 23,8% para 23,6% nessa mesma base de comparação. No ano, até o mês passado, a taxa média do crédito livre geral recuou 6,4 pontos porcentuais.

Dentro das operações prefixadas, o Banco Central detectou um aumento da taxa de juros para o crédito pessoal de junho para julho, passando no período de 39,6% ao ano para 39,9% ao ano. O mesmo movimento foi verificado na compra de veículos, que registrou alta de 20,7% para 21% no mesmo período.

Já a taxa de juros para cheque especial caiu de 167,1% ao ano para 151,0% ao ano de junho para julho. No ano até julho, essa modalidade de crédito registrou queda dos juros de 37,1 pontos porcentuais. A de crédito pessoal caiu menos no período (-8,3pp). E a de veículos menos ainda (-5,2pp).

Tudo o que sabemos sobre:
BCcréditojulhospread

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.