Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Starbucks planeja entrada em mercado de energéticos

Entrada nesse mercado deve ocorrer com uma bebida que combina suco de frutas e extrato de café verde, chamada Starbucks Refreshers, que será vendida em supermercados

Angelo Ikeda, da Agência Estado,

21 de março de 2012 | 16h51

A rede de cafeterias Starbucks pretende entrar no mercado mundial de energéticos, avaliado em US$ 8 bilhões, com uma bebida que combina suco de frutas e extrato de café verde, chamada Starbucks Refreshers, que será vendida em supermercados dos EUA. O energético faz parte das iniciativas apresentadas hoje durante a reunião anual de acionistas da empresa, em Seattle.

Segundo o chefe da divisão da China e Ásia-Pacífico, John Culver, a China será o segundo maior mercado da Starbucks fora dos EUA e deverá ter 1,5 mil lojas da rede até 2015. Ele disse que a Starbucks abrirá sua milésima loja no Japão no ano que vem, e que o número de lojas na Coreia do Sul deverá ultrapassar 700 até 2016. A rede também deve acelerar o seu crescimento na Indonésia e na Tailândia.

Além disso, a Starbucks também anunciou planos de investir US$ 172 milhões em sua quinta fábrica nos EUA, que será construída no Estado da Geórgia, e de expandir suas operações na Carolina do Sul. Segundo a empresa, a construção da fábrica da Geórgia começará nesta primavera (no Hemisfério Norte), com o início das operações previsto para o começo de 2014.

Para 2012, a Starbucks prevê a abertura líquida de 300 lojas e a reforma de 1,7 mil.

Mais cedo, a Green Mountain Coffee Roasters e a Starbucks decidiram expandir sua parceria estratégica para permitir que os sachês da Starbucks sejam usados nas máquinas de café Keurig Vue recentemente introduzidas pela Green Mountain. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Starbucksenergéticos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.