Stephanes: auditoria de bois exigida pela UE vai atrasar

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, afirmou hoje que o governo não conseguirá auditar todos os bovinos nas cerca de 10 mil propriedades rurais brasileiras até 31 de janeiro, prazo exigido pela União Européia. De acordo com Stephanes, a intenção do governo é cadastrar dentro dos padrões europeus o maior número possível de animais e propriedades que estejam aptos para exportação de carne ao bloco europeu. O ministro disse que vai enviar uma lista prévia de propriedades até a data determinada. Esta lista depois será atualizada com o desenrolar das vistorias feitas por técnicos da defesa sanitária."Acredito que não teremos problemas em atualizar essa relação pois o preço da carne na Europa já começa a subir e a procura pelo produto brasileiro é grande". O ministro afirmou ainda que suspendeu as férias de todos os técnicos agropecuários e que a auditoria nas propriedades será feita em conjunto com a defesa sanitária dos Estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.