Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Stephanes: não é momento de revisar índice de produtividade

Ministro justificou que o mundo vive ainda uma crise econômica com reflexos sobre a agricultura

Sandra Hahn, da Agência Estado,

31 de agosto de 2009 | 09h26

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes afirmou neste último domingo, 30, em visita à Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer), que este não é o momento de revisar os índices de produtividade usados na avaliação de propriedades para fins de reforma agrária. Stephanes justificou que o mundo vive ainda uma crise econômica com reflexos sobre a agricultura. "A assinatura (da portaria) no momento em que o mundo está em crise e, de uma forma ou de outra, isso afeta a agricultura não é o melhor momento de tratar do assunto", avaliou o ministro.

 

A portaria prevendo a revisão dos índices foi assinada pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e aguarda o aval de Stephanes para ser finalizada. O presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Carlos Sperotto, comemorou a posição de Stephanes. "Não existe no mundo um setor ao qual é imposto cumprir metas de produção estabelecidas pelo governo", afirmou.

 

Na Expointer, uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina, o ministro participou do lançamento de uma cartilha elaborada pela Embrapa Suínos e Aves com recomendações para a prevenção da gripe A (H1N1). O material é dirigido principalmente para produtores de suínos e também abrange recomendações para técnicos, veterinários e outros profissionais que têm contato com os animais. A Expointer deste ano vetou a participação dos suínos para evitar risco de exposição à gripe A (H1N1). A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) confirmou casos de transmissão da doença de humanos para suínos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.