Stephanes: produção da próxima safra pode crescer 5%

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse hoje que a produção brasileira de grãos na safra 2008/09, que começa a ser cultivada em meados de setembro, deve crescer 5% em relação à colheita de 142,12 milhões de toneladas na safra atual.Ele observou que a área plantada com grãos tem crescido entre 1% e 1,5% ao ano nos últimos anos e que essa variação deve se repetir na próxima safra. Ele informou, no entanto, que há muita área no Brasil que pode ser incorporada ao processo produtivo. Stephanes citou, por exemplo, que esteve ontem em Tocantins, onde 4 milhões de hectares de área de cerrado poderiam ser cultivados.O ministro comentou, ainda, a alta dos preços dos alimentos. Disse que, no médio prazo, no período de dois a três anos, poderá haver uma nova alta dos preços dos alimentos, porque "há um desequilíbrio entre oferta e demanda no mundo". Stephanes ressaltou que os estoques mundiais de alimentos estão caindo.Para o curto prazo, no entanto, ele não acredita em novos aumentos de preço, pois o impacto da reduzida oferta mundial já foi absorvido pelo mercado. O ministro salientou que há três ou quatro anos nenhum economista, inclusive da FAO, poderia prever a alta recente dos preços dos alimentos. Ele acrescentou que o aumento dos preços é reflexo do crescimento da demanda mundial por alimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.