STF avalia habeas-corpus de ex-diretores do Nacional

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, analisa na manhã de hoje o pedido de habeas-corpus solicitado por advogados dos ex-dirigentes do ex-banco Nacional que estão presos, a pedido da justiça de 1ª. Instância do Rio de Janeiro. O ministro disse que está avaliando os pedidos e dará sua sentença assim que a tiver concluído.O ex-controlador e quatro ex-diretores do Banco Nacional passaram o fim de semana na carceragem especial da Polinter, onde ficam os presos que têm curso superior. Eles permanecerão no local pelo menos até sexta-feira.Os advogados do ex-controlador, Marco Magalhães Pinto, e do ex-diretor, Nagib Antônio, entraram ontem à noite com pedido de novo habeas-corpus ao presidente do STF para tentar a libertação dos dois.O pedido foi deixado na portaria do prédio de Marco Aurélio, que está de plantão no Rio de Janeiro, durante o recesso do Judiciário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.