STF dá ganho de causa ao governo sobre novo modelo do setor elétrico

Por 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou um pedido de liminar feito pelo PFL e pelo PSDB contra a medida provisória que instituiu o novo modelo do setor elétrico. Os partidos alegavam que a constituição federal proíbe a regulamentação da matéria por meio de medida provisória. A maioria dos ministros entendeu que essa vedação não se aplicava ao caso, ou seja, à norma que regulamentou o novo modelo do setor elétrico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.