Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

STF nega liminar a presos da Operação Kaspar II

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, rejeitou um pedido de extensão de liminar e manteve a prisão de Iria de Oliveira Cassu e Milton José Pereira Junior, detidos em novembro na Operação Kaspar II, da Polícia Federal, segundo divulgou hoje o STF. Iria e Pereira argumentavam que estariam na mesma condição de Claudine Spiero, libertada após obter uma liminar em dezembro. Para a ministra Ellen Gracie, porém, eles não demonstraram a existência das mesmas circunstâncias apresentadas por Claudia, como bons antecedentes, residência fixa e profissão definida. Essa foi a segunda vez que a ministra rejeitou o pedido dos suspeitos Cassu e Pereira. Os dois, além de Spiero, são acusados de envolvimento numa quadrilha especializada em evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

AE, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2008 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.