STF suspende desapropriação da Refinaria Manguinhos

São Paulo, 31/08/2013 - O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu na noite de sexta-feira (dia 30) uma liminar suspendendo um plano para desapropriar terrenos pertencentes à Refinaria de Manguinhos. No fim do ano passado, o governo do Rio de Janeiro rejeitou uma proposta da companhia para continuar utilizando a área e avançou com o processo de desapropriação, com o objetivo de construir um complexo habitacional ali.

Agencia Estado

31 de agosto de 2013 | 16h41

O STF disse no seu website que aceitou um pedido da companhia para suspender a decisão do governo fluminense. Manguinhos é uma das três refinarias brasileiras que não são operadas pela Petrobras. As autoridades do Rio querem desativar a unidade, que fica em uma região densamente povoada. Fonte: Dow Jones Newswires. (Álvaro Campos)

Tudo o que sabemos sobre:
STFrefinariaManguinhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.