STJ adia julgamento sobre distribuição de rotas da Varig

O ministro Ari Pargendler, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), retirou da pauta de julgamentos desta quarta-feira da Segunda Seção do tribunal o processo que envolve a distribuição das rotas pertencentes à Varig. O ministro justificou a retirada afirmando que preferia aguardar os desdobramentos da notícia de que o Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região (Rio de Janeiro) cassou a liminar que permitia à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) distribuir as rotas e os horários nos aeroportos. Pargendler não marcou nova para reapresentar o processo ao plenário e informou que deverá receber, nos próximos dias, dados oficiais sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.