STJ nega liberdade a Salvatore Cacciola

O ex-banqueiro Salvatore Cacciola fracassou na tentativa de sair da prisão. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou hoje pedidos de habeas-corpus em que era solicitada a libertação de Cacciola. Em um dos pedidos rejeitados, a defesa alegou que o ex-banqueiro é o único de 13 acusados que está preso. Os advogados sustentaram que ele não fugiu para a Itália, mas mudou-se para o seu país de origem. No entanto, os ministros não se convenceram. O ministro Arnaldo Esteves Lima disse que Cacciola é o único que está preso entre os acusados porque foi o único que fugiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.