STJ retoma julgamento da Varig na terça-feira

A primeira turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) retoma, na próxima terça-feira, o julgamento da ação movida pela Varig, requerendo indenização do governo pelas perdas decorrentes da política de preços de passagens aéreas entre 1985 e 1992.O julgamento foi interrompido no dia 24 de agosto, com pedido de vista do ministro Teori Albino Zavaski. A Varig já obteve dois votos favoráveis ao seu pleito. Votaram a favor da empresa, o relator do processo, ministro Francisco Falcão, e o presidente da primeira turma, ministro Luiz Fux.Um grupo de funcionários da Vasp está sendo recebido neste momento pela secretária-geral da Presidência do STJ, Shyrlei de Lima. O grupo, formado por 16 pessoas, está em Brasília desde ontem entregando um documento sobre a situação da Vasp e pedindo tratamento equânime para todas as companhias aéreas.Os funcionários estiveram ontem no Palácio do Planalto e no Ministério da Defesa. A Vasp tem uma ação no STJ na qual requer o ressarcimento de perdas relativas à política de preços de passagens aéreas entre 1985 e 1992.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.