Subprime também castiga cidade

Detroit é a cidade americana com maior número de casas retomadas pelos bancos por falta de pagamento, na chamada crise do subprime. A cidade já tinha centenas de prédios e galpões abandonados, onde antes havia fábricas de carros e componentes. Os preços dos imóveis residenciais despencaram, mas mesmo assim não há compradores. Desde 2003, segundo o departamento estadual de Habitação, a desvalorização chega a quase 70%. Uma casa que custava US$ 300 mil é oferecida por US$ 90 mil. Quando aparece comprador, é de outros Estados ou estrangeiro.Jonathan Shearrod, de 24 anos, passou os últimos dois anos na Nigéria, fazendo trabalhos sociais. Na volta aos EUA, há seis meses, deparou-se com a situação muito pior do que quando saiu."Foi muito difícil conseguir emprego." Ele conseguiu alugar uma casa de 3 quartos, sala, cozinha e banheiro por US$ 5 ao mês, que divide com um amigo. A casa fica na Rua Horton, perto da Av. Woodward, a primeira no mundo a ser asfaltada.

, O Estadao de S.Paulo

17 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.