Suécia volta à recessão com queda inesperada de 0,6% do PIB no 4º tri

Economia do país teve contração em cinco dos últimos seis trimestres; exceção é estabilidade no 2º tri de 2009 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

01 Março 2010 | 10h04

A economia da Suécia inesperadamente voltou à recessão no quarto trimestre do ano passado, em consequência de uma forte queda nos investimentos. O Produto Interno Bruto (PIB) do país teve contração de 0,6% no período, ante o terceiro trimestre, em uma base ajustada sazonalmente, marcando o segundo declínio trimestral consecutivo e uma volta à recessão no maior país da região nórdica.

 

Em comparação com o mesmo período de 2008, o PIB da Suécia teve contração de 1,5% em uma base ajustada por dias úteis no quarto trimestre, levando o declínio em todo o ano passado para 4,9%.

Os dados foram piores do que a expectativa dos economistas, que esperavam crescimento de 0,4% sobre o trimestre anterior e leitura estável em todo o ano passado. O banco central da Suécia esperava expansão de 0,5% ante o terceiro trimestre e contração menor, de 4,5%, em 2009.

 

Os dados do PIB da Suécia foram revisados para mostrar declínio de 0,1% no terceiro trimestre e estabilidade do segundo trimestre. Originalmente haviam sido anunciados ganhos de 0,2% e 0,3%, respectivamente. Os dados mostram que a economia sueca teve contração em cinco dos últimos seis trimestres, com a estabilidade no segundo trimestre do ano passado como a única exceção.

 

A coroa sueca reagiu aos dados com queda diante do euro e as expectativas com relação à primeira alta da taxa de juros pelo banco central sueco se tornaram mais incertas. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Suécia, recessão, economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.