Suíça pode comprar álcool anidro do Brasil

A Suíça poderá comprar álcool anidro do Brasil. Uma companhia suíça tem interesse na mistura de álcool na gasolina, informou o embaixador da Suíça no Brasil, Juerg Leutert. As estimativas são que a demanda inicial da empresa - que controla 20% do mercado suíço de combustíveis - será de 100 milhões de litros por ano. "A Suíça sempre foi um mercado experimental para as ações que depois são disseminadas pela Europa", afirmou Leutert, referindo-se à mistura de álcool na gasolina.Os europeus estão preocupados em cumprir as orientações do Protocolo de Kioto, que determina a redução da emissão de gás carbônico na atmosfera. Anualmente, o Brasil produz 12,6 bilhões de litros de álcool, sendo que desse total apenas 500 milhões de litros são destinados ao mercado externo.Para o embaixador, o incremento da base produtiva poderá garantir um aumento do excedente exportável. Ele não descartou a possibilidade de empresários suíços investirem na produção de cana-de-açúcar no Brasil. O embaixador esteve reunido hoje com o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.