Suinocultores protestam no RS

Os produtores de suínos realizaram um protesto hoje em Porto Alegre (RS), em frente à Assembléia Legislativa, em busca de alternativas para amenizar a crise no setor. Os criadores defendem a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para aprofundar as investigações de uma subcomissão da suinocultura, instalada em 25 de junho. A subcomissão está realizando uma reunião ordinária no plenarinho da Assembléia.Os criadores criticam o alto custo dos insumos, especialmente do milho, a baixa remuneração, as dificuldades para contratar crédito disponível para retenção de matrizes e a restrição para a venda a outros Estados - já que o Rio Grande do Sul ainda não retomou oficialmente a condição de área livre de febre aftosa. O presidente da Comissão de Agricultura da Assembléia, Frederico Antunes (PPB), argumentou que a CPI teria prazo muito curto para trabalhar, em função do final do período legislativo. "O que queremos é uma solução", apontou o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos, Adão Braun. Na reunião, alguns produtores fizeram um desabafo sobre as condições de trabalho. Braun disse que os criadores estão registrando perda de R$ 50,00 por animal industrializado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.