Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Summit Imobiliário: Secovi-SP prevê crescimento de 5% a 10% nas vendas de imóveis em 2019

Presidente da entidade, Basílio Jafet reitera que para a meta ser concretizada é preciso aprovar a reforma da Previdência, além de alterar pontos na Lei do Zoneamento da cidade de São Paulo

Fabiana Holtz, Aline Bronzati e Mateus Fagundes, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2019 | 10h20

O presidente do Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP), Basílio Jafet, reafirmou na manhã desta terça-feira, 16, a estimativa de vendas da entidade para este ano, que indica crescimento entre 5% e 10% ante 2018. 

Para a concretização dessa meta, acrescentou ele, é preciso aprovar a reforma da Previdência e uma alteração da Lei do Zoneamento na capital paulista. O executivo participa do Summit Imobiliário Brasil 2019, promovido pelo jornal O Estado de São Paulo, em parceria com o Secovi-SP.

O desenho da reforma da Previdência aprovada pelo Congresso, defendeu o executivo, vai marcar o destino do País. "A reforma não pode ser medíocre e não deve servir apenas para dizer que fizemos a lição de casa. É vital a participação cada um de nós para a reforma da Previdência ser aprovada como tem de ser, sem retirada, sem derrota", afirmou.

Jafet também destacou a necessidade de uma "calibragem" da Lei de Zoneamento. Para ele, uma série de equívocos ocorreram no debate sobre o tema. "Essa calibragem tem de ser adequada", afirmou.

Ele lembrou que a recuperação em 2017 foi tímida, gradual e segura. O ano passado, observou, foi um pouco melhor, e o sindicato registrou aumento de 26% nas vendas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.