coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Superávit comercial argentino sobe 9,6% em maio

A balança comercial argentina registrou em maio um superávit de US$ 1,325 bilhão, nível 9,6% superior ao registrado no mesmo mês de 2005, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.Segundo o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec), a balança comercial argentina acumulou nos cinco primeiros meses do ano um saldo positivo de US$ 4,978 bilhões. "Temos superávit comercial e exportações recorde. Junto com o superávit fiscal, estamos consolidando a independência da pátria", disse hoje o presidente da Argentina, Néstor Kirchner, em ato público com seu colega boliviano, Evo Morales.O Indec afirmou que, em maio, as importações totalizaram US$ 2,825 bilhões, 14% a mais do que no mesmo mês de 2005.Nos primeiros cinco meses do ano, o valor das importações foi de US$ 12,746 bilhões, em um aumento de 18% na comparação com o mesmo período do ano passado.As exportações atingiram em maio um recorde de US$ 4,150 bilhões, com alta anualizada de 13%. Nos cinco primeiros meses do ano, as vendas ao exterior totalizaram US$ 17,724 bilhões, 13% a mais do que no mesmo período de 2005.A balança comercial argentina registrou em 2005 um superávit de US$ 11,322 bilhões.

Agencia Estado,

29 de junho de 2006 | 19h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.