Superávit comercial chinês cai a US$ 14,2 bi em janeiro, de US$ 18,4 bi no mês anterior

Importações caíram 0,9% em relação a dezembro, mas avançaram 85,5% na comparação anual

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

10 de fevereiro de 2010 | 10h12

As exportações chinesas cresceram pelo segundo mês consecutivo em janeiro, em 21% na comparação com o mesmo mês do ano passado, enquanto as importações avançaram 85,5% pelo terceiro mês seguido, mostraram dados do governo. Como resultado, o superávit comercial chinês estreitou-se para US$ 14,17 bilhões, de US$ 18,44 bilhões em dezembro, segundo dados divulgados pela Administração Geral de Alfândega em seu site. A mediana das estimativas era de superávit de US$ 19,7 bilhões em janeiro.

 

As exportações somaram US$ 109,48 bilhões, representando queda de 5,5% em relação a dezembro, em base sazonalmente ajustada. Analistas previam aumento de 28,5% das exportações em relação ao mesmo período do ano passado, após elevação de 17,7% em dezembro.

 

As importações totalizaram US$ 95,31 bilhões, queda de 0,9% em relação a dezembro, em termos sazonalmente ajustados. A estimativa dos analistas era de que as importações subiram 89,5%, em base anual, após alta de 55,9% em dezembro. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.