Superávit comercial chinês tem alta recorde de 44%

O superávit comercial chinês registrou um aumento recorde de 44% em maio com relação ao mesmo mês do ano passado, atingindo US$ 13 bilhões. O dado, divulgado nesta segunda-feira pela Administração Geral de Alfândegas da China, mostrou que as exportações somaram US$ 73,11 bilhões - um aumento de 25,1% com relação ao mesmo mês de 2005 - enquanto as importações foram de US$ 60,11 bilhões, com uma alta de 21,7%.De janeiro a maio, o superávit comercial da China chegou a US$ 46,8 bilhões, depois de registrar em 2005 um recorde de US$ 102 bilhões, três vezes mais que em 2004. Esse superávit causa conflitos com outros países, como os Estados Unidos, que acusam o gigante asiático de manter sua moeda com um valor baixo para favorecer as exportações.O déficit comercial americano cresceu em abril devido ao alto preço do petróleo e às importações de celulares, televisores e brinquedos chineses, segundo o Departamento de Comércio dos EUA. Inflação O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na China foi de 1,4% em maio, em termos anualizados, e de 0,2% em relação a abril, informou nesta segunda o Escritório Nacional de Estatísticas. O IPC acumulado dos cinco primeiros meses de 2006 foi de 1,2%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.