Superávit do Governo Central no ano é de R$ 65,9 bi

Com um ritmo de crescimento das receitas maior do que o das despesas, o governo federal ampliou o ajuste fiscal das suas contas em 2007 até o mês passado. No acumulado do ano até novembro, o Governo Central(Previdência, Banco Central e Tesouro) registra um superávit de 2,83% do Produto Interno Bruto (PIB), ou R$ 65,943 bilhões. No mesmo período do ano passado, o esforço fiscal estava em 2,57% do PIB, ou R$ 54,682 bilhões. As contas do Governo Central apresentaram um superávit primário de R$ 4,419 bilhões em novembro contra um déficit primário de R$ 36,7 milhões em novembro do ano passado. Em novembro de 2007, o governo ampliou para R$ 12,943 bilhões sua folga em relação à meta prevista para o superávit primário do governo para este ano, que é de R$ 53 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.