Superávit do governo central no ano já é de 5,3% do PIB

O governo central, que inclui Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central já acumula no ano superávit primário de R$ 48,034 bilhões, o que representa 5,31% do Produto Interno Bruto (PIB). Em comparação, no mesmo período de 2007, o superávit foi de R$ 33,190 bilhões, equivalentes a 4,13% do PIB. Os dados foram divulgados hoje pelo Tesouro Nacional, que apresentou também os números referentes a abril, quando o governo central registrou superávit primário de R$ 16,745 bilhões em abril. Em março, o superávit primário do governo central foi de R$ 10,689 bilhões. O superávit de abril é resultado da economia de R$ 19,571 bilhões do Tesouro, menos os déficits de R$ 2,787 bilhões da Previdência Social e de R$ 39 milhões do Banco Central. O superávit primário exclui as despesas com pagamentos de juros da dívida pública.O Tesouro acumula superávit de R$ 60,702 bilhões de janeiro a abril deste ano, a Previdência Social registra um déficit de R$ 12,539 bilhões no mesmo período e o Banco Central, um resultado negativo de R$ 128,2 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.