Superávit do País cai em fevereiro; déficit da Previdência aumenta

O resultado primário do governo central apresentou superávit de R$ 2,643 bilhões em fevereiro contra R$ 8,354 bilhões em janeiro. O Tesouro Nacional teve um superávit de R$ 6,396 bilhões, ante R$ 10,811 bilhões em janeiro, e a Previdência Social, um déficit de R$ 3,792 bilhões ante R$ 2,450 bilhões em janeiro.O déficit da Previdência refletiu o aumento de número de benefícios de aproximadamente R$ 1 bilhão em sentenças judiciais. No primeiro bimestre, a Previdência Social registrou um déficit de R$ 6,2 bilhões, que refletiu, segundo relatório do Tesouro Nacional, o dinamismo dos gastos com benefícios totais, que aumentaram 20,7% nesse período.Ainda de acordo com o Tesouro, o governo central teve um superávit de R$ 11 bilhões no primeiro bimestre, o equivalente a 3,69% do PIB estimado para o período.O Banco Central contribuiu para o desempenho do mês de fevereiro com um superávit de R$ 38,9 milhões. Já as transferências a Estados e municípios foram 20,4% maiores em janeiro e fevereiro deste ano do que no primeiro bimestre de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.