Superávit ficou um pouco abaixo do padrão, diz Maciel

Chefe do Departamento Econômico do BC avalia, contudo, que o número não modifica o cenário fiscal 

Fernando Nakagawa e Eduardo Cucolo, da Agência Estado,

29 de junho de 2012 | 11h27

BRASÍLIA - O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, explicou que o resultado fiscal registrado em maio veio "um pouco abaixo do padrão". Apesar desse resultado aquém do observado recentemente, o número "não modifica o cenário fiscal". "Tanto que nos cinco primeiros meses de 2012 já temos 45% da meta do ano cumprida", disse. "Portanto, em trajetória consistente com o cumprimento da meta", acrescentou.

Além de comentar que o desempenho recente tem sido em linha com a meta, Maciel prevê que os números do segundo semestre serão ainda melhores. "A perspectiva é de que, com a aceleração da atividade, o quadro se torne ainda mais robusto".

Maciel comemorou a redução do gasto público para o pagamento de juros relacionados à dívida pública. "Destacaria o recuo nos últimos meses da despesa com juros da dívida. Em maio, recuaram (as despesas) 16% em relação a igual período do ano passado. Isso reflete, além da menor inflação, o recuo da taxa básica de juro. Essa é uma boa notícia", disse.

Segundo Maciel, a previsão do BC para a despesa com juros é de que o gasto seja equivalente a 4,5% do PIB em 2012. Se confirmado, o valor será menor que os 5,7% do PIB observados em 2011. "Em termos nominais, será uma redução de R$ 30 bilhões nos gastos com juros", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
contas públicassuperávitMaciel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.