Balança comercial bate recorde e atinge superávit de US$ 47,7 bi em 2016

Recorde anterior era de 2006 e somava um superávit de US$ 46,45 bilhões; resultado deste ano ficou dentro do intervalo das estimativas coletadas pela pesquisa do Broadcast

Anne Warth, O Estado de S.Paulo

02 de janeiro de 2017 | 15h31

BRASÍLIA - A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 47,692 bilhões no ano passado, o melhor resultado da série história, iniciada em 1989. O recorde anterior era de 2006 e somava um superávit de US$ 46,45 bilhões. O montante é resultado de exportações de US$ 185,244 bilhões e importações de US$ 137,552 bilhões no ano.

O saldo registrado no ano passado ficou dentro do intervalo das estimativas coletadas pela pesquisa do Projeções Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, com 14 instituições, que variavam de US$ 43,4 bilhões a US$ 48 bilhões. Também ficou acima da mediana de US$ 46,650 bilhões.

No mês de dezembro, o saldo comercial ficou positivo em US$ 4,415 bilhões. As exportações somaram US$ 15,941 bilhões, e as importações, US$ 11,525 bilhões. O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas coletadas pelo Projeções Broadcast, com 18 instituições. Também ficou acima da mediana apontada pela pesquisa, de US$ 3,7 bilhões.

Na quinta semana de dezembro (26 a 31), houve superávit de US$ 1,413 bilhão, com exportações de US$ 3,249 bilhões e importações de US$ 1,836 bilhão. Na quarta semana (19 a 25), o resultado foi positivo em US$ 1,274 bilhão, com vendas ao exterior de US$ 3,907 bilhões e importações de US$ 2,633 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.