Superávit primário do Governo Central cai 23% no ano

O Governo Central (Tesouro, Banco Central e Previdência) teve um superávit primário de R$ 1,583 bilhão em agosto, o que significa uma queda de 60,4% em relação ao resultado de julho. Segundo os dados divulgados nesta quinta-feira pelo Tesouro, a instituição teve um superávit primário de R$ 6,608 bilhões, enquanto a Previdência Social registrou um déficit de R$ 4,936 bilhões no mês passado. O déficit do Banco Central foi de R$ 89 milhões.

RENATA VERÍSSIMO E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

27 de setembro de 2012 | 13h49

No acumulado de janeiro a agosto, o superávit do Governo Central é de R$ 53,493 bilhões, o que representa 1,85% do PIB. O resultado é 23,4% menor que o registrado no mesmo período de 2011, quando somou R$ 69,875 bilhões - 2,58% do PIB. O superávit do Tesouro Nacional, de janeiro a agosto, atingiu R$ 81,982 bilhões. A Previdência Social acumulou um déficit de R$ 28,076 bilhões, enquanto o Banco Central teve um resultado negativo de R$ 412,5 milhões no período.

Tudo o que sabemos sobre:
Resultado fiscaltesouroagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.