finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Superávit primário em 2000 superou meta com FMI

O setor público consolidado fechou o ano passado com um superávit primário de R$ 38,160 bi, de acordo com os dados divulgados pelo Departamento Econômico do BC (Depec). O valor do superávit correspondia a 3,56% do PIB e estava R$ 1,4 bi acima da meta acertada com o FMI, de R$ 36,720 bi (3,4% do PIB). Ainda de acordo com os dados do BC, o Governo Federal terminou o ano passado com um superávit de R$ 30,983 bi, enquanto as estatais federais registraram no mesmo período superávit de R$ 10,174 bi. O BC, de acordo com as informações divulgadas pelo Depec, fechou o ano com um déficit de R$ 477 mi, enquanto a Previdência Social tinha um déficit de R$ 10,072 bi. Os governos estaduais, por sua vez, tiveram um superávit de R$ 4,579 bi e os governos municipais registraram ainda um superávit de R$ 1,447 bi. As empresas estatais estaduais, ainda segundo dados do BC, tiveram um superávit de R$ 1,484 bi, enquanto que as estatais municipais tiveram um superávit de R$ 42 mi.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.