Superávit primário em abril é 3º melhor apurado pelo BC

O superávit primário das contas do setor público em abril, de R$ 19,789 bilhões, é o terceiro melhor para todos os meses da série histórica do Banco Central. O resultado só fica atrás do superávit registrado em janeiro de 2008, de R$ 20,892 bilhões, e o de abril do mesmo ano, quando ficou em R$ 19,929 bilhões. O chefe do Departamento econômico do Banco Central, Altamir Lopes classificou o resultado de abril de "muito expressivo". Segundo ele, esse resultado reflete maior arrecadação do governo federal e dos estados e municípios.

ADRIANA FERNANDES E FABIO GRANER, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 12h23

Questionado sobre a declaração do secretário do Tesouro, Arno Augustin, de que a política fiscal do governo vive uma nova fase, a partir de abril, Altamir disse apenas que o crescimento da arrecadação tem permitido resultados bastante expressivos. Confrontado se também observa uma melhora do lado das despesas, conforme Augustin observou ontem, Altamir Lopes disse que não tem como fazer uma avaliação das despesas correntes.

Ele comentou depois, no entanto, que sem dúvida está havendo uma melhora do perfil da qualidade das despesas com o aumento dos investimentos e citou dado do Tesouro Nacional que mostra um crescimento de 89% das despesas de investimento de janeiro a abril. "Do gasto corrente, não tenho como avaliar. A avaliação dele (Arno Augustin) deve ser precisa", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.