Superintendência do Cade sugere reprovar compra da American Chemical pela Oxiteno

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou nesta sexta-feira a reprovação da compra da uruguaia American Chemical pela Oxiteno, subsidiária da Ultrapar Participações, e encaminhou o caso para o tribunal do órgão antitruste, a quem caberá a decisão final.

Reuters

19 de abril de 2013 | 18h54

Em nota à imprensa, o Cade informou que a Superintendência concluiu em parecer que a operação poderia prejudicar a concorrência no mercado de lauril éter sulfato de sódio (LESS), usado na fabricação de produtos de limpeza e higiene.

Segundo a Superintendência, juntas, as empresas deteriam mais de 60 por cento desse mercado no Mercosul.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASOXITENOCADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.