Supermercados: crescem vendas em agosto

As vendas do setor supermercadistas tiveram crescimento real de 5,10% no mês de agosto em comparação ao mesmo período do ano passado. Tomando como base julho deste ano, o desempenho ficou ligeiramente negativo, ou seja, queda de 0,34 por cento já deflacionados pelo Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI). No acumulado de janeiro até julho as vendas também apresentaram quedas de 1,07%."Apesar do resultado ainda negativo do acumulado do ano, já podemos observar os sinais de recuperação: queda nos 8 meses de apenas 1,07%, frente ao resultado negativo de 1,92% nos sete meses", afirmou José Humberto Pires de Araújo, presidente da Associação Brasileira de supermercados (Abras). Segundo ele, a ligeira queda de agosto em relação a julho pode ser explicada pelo fato de agosto contar com apenas 4 finais de semanas, contra 5 de julho. Já o expressivo aumento de 5,10% deveu-se às baixas vendas do ano anterior, com queda de 8,78%, o pior desempenho do ano passado. Para Pires de Araújo, os resultados positivos da economia - maior oferta de emprego, queda da faixa de juros e crescimento da produção industrial - já começaram a ser sentidos pelo setor. "Se esse resultados forem sustentados, poderemos fechar o ano com crescimento de vendas em torno de 2%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.