finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Supermercados também querem abastecer autos

O consumidor terá este ano mais opções nos hipermercados. Além de fazer a despesa do mês, ele poderá abastecer seu automóvel. As gigantes do varejo preparam-se para entrar no comércio de combustíveis, instalando postos nas áreas de estacionamento. A norte-americana Wal-Mart e o grupo carioca Sendas estão interessados em instalar postos e vender combustíveis, a exemplo do que já faz a rede francesa Carrefour, o primeiro a entrar no mercado.O Carrefour tem, hoje, seis postos da bandeira Shell, instalados em Porto Alegre (RS), Grande São Paulo, Goiânia (GO) e Vitória (ES). O sétimo posto com a mesma bandeira está sendo construído na capital paulista, no bairro do Butantã. Ao todo, o Carrefour tem 26 postos espalhados pelo País. Além da Shell, o grupo francês fechou parceria com a gaúcha Ipiranga, a carioca Wal Petróleo e a mineira ALE. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Nereu Guide, essa fusão de serviços é uma tendência que deve abranger as grandes redes de supermercados. São elas: o Grupo Pão de Açúcar, Carrefour, Wal-Mart, Sonae, Sendas e Bom Preço. Pelas contas da entidade, estas empresas são responsáveis por 43% do faturamento do setor, estimado em R$ 60 bilhões em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.