Supermercados vendem 4,25% mais no 1o semestre

As vendas reais dos supermercados brasileiros aumentaram 4,25 por cento no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2010, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Abras.

REUTERS

28 de julho de 2011 | 11h38

A entidade, em parceria com a Nielsen, informou ainda que entre janeiro e junho as vendas medidas em volume cresceram 3,4 por cento em relação à primeira metade de 2010. O resultado foi puxado por bebidas alcoólicas, cujas vendas aumentaram 8,5 por cento no período, e por produtos perecíveis, que tiveram alta de 6,4 por cento.

A performance do primeiro semestre ficou levemente superior à previsão da Abras para o fechado de 2011, de crescimento de 4 por cento nas vendas dos supermercados.

Considerando apenas junho, as vendas reais do setor cresceram 2,75 por cento sobre o mesmo mês do ano passado, mas recuaram 2,64 por cento na comparação com maio.

A Abras apresentou ainda os dados da cesta AbrasMercado, composta por 35 produtos e calculada pela GfK, que em junho diminuiu 0,18 por cento sobre o mês imediatamente anterior. Na comparação anual, o valor da cesta subiu 8,46 por cento, atingindo 299,24 reais no mês passado.

Os produtos com maiores altas em junho sobre maio foram tomate (+9,01 por cento), cebola (+4,02 por cento) e café torrado (+3,81 por cento), enquanto as maiores quedas foram batata (-15,14 por cento), frango congelado (-5,75 por cento) e sal (-2,13 por cento).

(Por Vivian Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
VAREJOABRASJUNHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.