Freeimages<br>
Freeimages

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Suposto cartel de estacionamento em SP é alvo do Cade

Segundo o órgão, há indícios de que seis empresas e 17 pessoas físicas teriam se coordenado para fixar preços e repartir os clientes

Nivaldo Souza, Agência Estado

11 de setembro de 2014 | 18h10


Um suposto cartel de operação e exploração comercial de estacionamentos em São Paulo será alvo de uma investigação conduzida pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A Superintendência Geral do órgão regulador da concorrência pediu a abertura de apuração nesta quinta-feira, 11. "Há indícios de que seis empresas e 17 pessoas físicas teriam trocado informações e se coordenado para fixar preços e dividir clientes no mercado de serviços de estacionamentos", disse o Cade.

Além disso, as empresas teriam tentado "obter vantagens" apresentando propostas de cobertura em concorrências privadas de serviços de estacionamento, simulando uma competição entre elas. Esse tipo de triangulação ocorre, de acordo com o Cade, "quando há acerto de que uma das companhias ofertará valor superior para propositadamente não vencer uma concorrência". 

O esquema teria ocorrido entre 2010 e 2011. As provas do esquema foram obtidas em abril de 2012 em uma das empresas, após operação de busca e apreensão. "Com a instauração do processo administrativo, os acusados serão notificados para apresentarem suas defesas. Ao final da instrução processual, a Superintendência Geral do Cade opinará pela condenação ou pelo arquivamento do processo e remeterá o caso para julgamento pelo Tribunal Administrativo do Cade, responsável pela decisão final", indicou o órgão federal. 

Tudo o que sabemos sobre:
cartelestacionamentocade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.