Supremo pode ter suspendido venda do Banco do Estado do Ceará

Informações preliminares recebidas pelo Banco Central (BC) indicam que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello concedeu nova liminar suspendendo o leilão de venda do controle do Banco do Estado do Ceará (BEC). "Parece que o ministro deixou uma fita gravada em que dá um despacho favorável a um pedido de liminar do Sindicato dos Bancários do Ceará", disse uma fonte do BC consultada pela Agência Estado. O leilão de privatização do BEC estava marcado para as 10 horas de hoje e foi adiado pelo BC para 15 horas. Caso não consiga vender o banco até o final do ano, um novo leilão do BEC só poderá ser realizado em 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.