Suspensa greve dos petroleiros por tempo indeterminado

Federação diz que a Petrobras cedeu em pontos importantes reivindicados pela categoria em seu acordo coletivo, em especial nos itens referentes a saúde e segurança

Mônica Ciarelli, da Agência Estado,

22 de novembro de 2011 | 20h05

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) suspendeu a greve dos petroleiros por tempo indeterminado. A decisão foi tomada hoje durante uma reunião do conselho deliberativo da FUP. Em nota, a Federação informou que a Petrobras cedeu em pontos importantes reivindicados pela categoria em seu acordo coletivo, em especial nos itens referentes a saúde e segurança.

Na reunião, o conselho aceitou por unanimidade a nova proposta apresentada pela Petrobras e já orientou os sindicatos filiados a submeter aos trabalhadores a decisão. "A proposta conquistada garante a participação das representações sindicais nas reuniões de todas as CIPAs offshore, com três embarques anuais em cada plataforma. Isso representará 150 embarques de dirigentes sindicais somente na Bacia de Campos", diz a nota.

Além disso, a FUP destacou que os petroleiros conquistaram nas rodadas de negociação com a Petrobras um ganho real entre 2,5% e 3,25%, o maior obtido este ano, comparativamente às demais categorias organizadas.

Tudo o que sabemos sobre:
grevepetroleirossuspensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.