Suzano tem prejuízo líquido de R$425,5 mi no 3o tri

A Suzano Papel e Celulose encerrou o terceiro trimestre com prejuízo líquido de 425,5 milhões de reais, ante lucro de 272,85 milhões de reais registrados no mesmo período do ano passado.

REUTERS

28 de outubro de 2011 | 12h03

O resultado veio pouco diferente da média de quatro analistas consultados pela Reuters, que apontava prejuízo de 458,8 milhões de reais.

No acumulado do ano, a Suzano registra prejuízo líquido de 178,2 milhões de reais.

O Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização-- totalizou 261,29 milhões de reais, queda de 36 por cento ante 408 milhões de reais obtidos no período entre julho e setembro de 2010. No ano, o recuo foi de 33 por cento, para 886,6 milhões de reais.

A estimativa dos analistas para o Ebitda era de 247,7 milhões de reais para o terceiro trimestre.

A receita líquida da companhia, por sua vez, foi de 1,23 bilhão de reais de julho a setembro, o que representa avanço de 6 por cento ante os mesmos meses do ano passado. O número ficou em linha com a previsão de 1,2 bilhão de reais.

No terceiro trimestre, a Suzano produziu 445 mil toneladas de celulose e 322 mil toneladas de papel, avanço de 12,5 por cento e 13,1 por cento ante o terceiro trimestre de 2010, respectivamente.

Em 30 de setembro, a Suzano tinha um endividamento líquido de 5,29 bilhões de reais, com relação entre dívida líquida e Ebitda de 4,2 vezes.

(Por Carolina Marcondes e Patrícia Büll)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPELSUZANORESULTADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.