T-Bond 30 sobe com apostas de extinção de papel

Os títulos do Tesouro dos EUA de 30 anos subiram nesta segunda-feira, uma vez que investidores continuam a considerar a possibilidade de extinção de tais papéis já no próximo ano. Os títulos dos demais vencimentos caíram. No fechamento do pregão das Bolsas norte-americanas, o juro dos T-bonds projetava queda para 5,489%, depois de oscilar entre 5,446% na máxima e 5,508% na mínima. O juro dos papéis de dez anos estava em alta na altura do encerramento dos negócios em Wall Street, projetando taxa de 5,167%. O título de dez anos operou em 5,122% na máxima e em 5,175% na mínima. Os papéis de 30 anos continuaram atraindo investidores, em consequência de recomendação feita na última semana por um influente grupo privado. Segundo a instituição, o atual momento de superávit orçamentário sugere que a emissão de papéis de 30 anos não mais é necessária. Crescem também as estimativas de que os leilões desse ano de tais títulos serão os últimos. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.