finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

TAM anuncia compra de quatro Boeings 777-300ER

A TAM confirmou nesta terça-feira, 31, em nota à imprensa, que vai comprar quatro Boeings 777-300ER, conforme antecipou a Agência Estado. O contrato contará ainda com mais duas opções de compra do modelo. A TAM será a primeira empresa da América Latina a incorporar o novo modelo em sua frota destinada aos vôos de longo curso.Segundo a TAM, o 777-300ER é, atualmente, o avião comercial de dois motores mais eficiente, que transportará cerca de 370 passageiros na configuração de três classes adotada pela companhia.A TAM decidiu "aproveitar a oportunidade observada atualmente no mercado internacional de longo curso" e firmou um contrato de leasing de três jatos MD-11, pertencentes à Boeing, que irão operar até a entrega dos jatos 777-300ER, prevista para meados de 2008. Os MD-11s serão integrados à frota da TAM dentro dos próximos seis meses.O presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, afirmou em nota que este novo contrato é um passo importante para o futuro crescimento da empresa no mercado internacional de longo curso, permitindo uma maior flexibilidade e capacidade nestas rotas."Um dos mais novos aviões da família 777 em operação, o 777-300ER, tem consistentemente demonstrado altos níveis de confiabilidade e incomparável eficiência no consumo de combustível", disse John Wojick, vice-presidente de vendas para América Latina e Caribe. "A excelente performance deste avião permitirá à TAM atender seus passageiros nas rotas de longo curso com baixos custos operacionais."Ainda segundo o comunicado, a implementação dos MD-11s é uma "solução temporária". "Nós suportaremos a TAM neste excepcional momento da aviação brasileira", disse o executivo da Boeing.A TAM é a maior operadora de jatos A319, A320 e A330, fabricados pela Airbus, maior concorrente da Boeing. Este é o primeiro contrato da TAM para aquisição de aviões da Boeing.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.