TAM fecha acordo de US$ 100 milhões com a Pratt & Whitney

Companhia norte-americana fornecerá motores para dois novos Airbus A330

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

19 de julho de 2010 | 10h15

A TAM fechou um acordo com a empresa norte-americana Pratt & Whitney para o fornecimento de motores PW4000-100 para dois novos Airbus A330 da companhia, em um negócio avaliado em mais de US$ 100 milhões. O contrato inclui também a instalação e motores de reserva para duas aeronaves A330-200 e um acordo de prestação de serviços pela Pratt & Whitney Global Service Partners de 12 anos. A Pratt & Whitney é uma divisão da United Technologies Corp.

"A experiência com a nossa frota de motores Pratt & Whitney já existente tornou a escolha simples", disse o presidente da TAM, Líbano Barroso, que participa da feira de Farnborough, uma das maiores do mundo, nos arredores de Londres. "Nós somos um cliente de longa data da Pratt & Whitney e temos muito prazer de continuar essa forte relação com essa nova encomenda."

A nova ordem de motores PW4000 se soma à compra de motores para oito novas aeronaves A330 anunciada anteriormente. A TAM opera atualmente onze aviões A330 com motores Pratt & Whitney modelo PW4168A e dois A330 com motores PW4170.

"Nós estamos muito satisfeitos que a TAM, líder de mercado na América do Sul, tenha selecionado novamente a Pratt & Whitney para motorizar suas novas aeronaves Airbus A330", ressaltou o presidente da Pratt & Whitney Commercial Engines & Global Services, Todd Kallman. "O motor PW4000-100 continua a ter um bom desempenho e a fornecer benefícios melhores do que esperado para companhias como a TAM", acrescentou o executivo. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.