TAP-Air Portugal será reavaliada antes de privatização

O governo português escolheu os bancos BPI e Rothchilds para realizarem uma nova avaliação da companhia aérea TAP-Air Portugal, antes de sua planejada privatização, segundo informações do jornal Diário Econômico. A firma global de consultoria McKinsey também foi contratada para apresentar vários cenários referentes ao posicionamento estratégico da TAP-Air. O antigo governo havia estabelecido um valor de 250 milhões de euros (US$ 246,5 milhões) para a TAP, porém problemas enfrentados pelo setor aéreo nos últimos doze meses tornou necessária a reavaliação do valor da companhia, afirma o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.