carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

TAP-Air precisa cortar US$ 29,7 milhões em custos

A companhia aérea TAP-Air Portugal precisa reduzir os custos em 30 milhões de euros (US$ 29,7 milhões) no próximo ano, se pretender alcançar a sua meta de retornar à lucratividade, segundo informações do jornal Diário Econômico. O CEO da empresa informou que isso não significará aumento nos custos com pessoal em 2003. A TAP também está planejando renegociar seus principais contratos de fornecimento de combustível, telecomunicações, eletricidade e outros, em um esforço de diminuir os custos, afirma o jornal.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 08h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.