Tarifa da CPFL Piratininga vai subir 5,66% em média

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje, em reunião pública de diretoria, o reajuste tarifário anual da CPFL Piratininga (SP), subsidiária da CPFL Energia. O aumento médio será de 5,66%, a vigorar a partir de sábado (dia 23).

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

19 de outubro de 2010 | 17h35

De acordo com a Aneel, os clientes de baixa tensão, como residências, terão um aumento de 6,25% nas tarifas, em média. Já os consumidores de alta tensão, como indústrias, terão uma alta de 4,91%, em média. A CPFL Piratininga atende 26 municípios e um distrito do Estado de São Paulo, o que corresponde a aproximadamente 1,4 milhão de unidades consumidoras.

Tudo o que sabemos sobre:
energiatarifareajusteCPFL Piratininga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.