Tarifa de energia sobe 14,69%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou ontem um reajuste de 14,69% para as tarifas de transmissão de energia. O aumento vale para as 14 empresas que exploram as linhas de transmissão. De acordo com a diretoria da Agência, o impacto para o consumidor final deve ficar em cerca de 1%. A diretoria da Aneel explica que o aumento foi calculado pelo IGP-M da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e mais um porcentual para que possa assegurar a construção de novas redes. De acordo com a Agência, o reajuste autorizado para o setor de transmissão permitirá o incremento de 126 obras previstas para estarem concluídas em maio do próximo ano. Tarifas da Gerasul sobem 2,65% Foi autorizado também um aumento de 2,65% para as tarifas da Gerasul - produtora de energia que atende os Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. No mesmo pacote de aumento de preços, a agência reguladora fixou em R$ 47,00 o megawatt/hora comprado da Argentina. Desde a última terça-feira, o País vem importando 1 mil megawatts de energia produzida na Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.