Tarifa de ônibus pressiona inflação em São Paulo

A inflação do município de São Paulo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), apurado pela Fipe, foi de 0,38% na segunda quadrissemana de março, acima do registrado na primeira prévia do mês, quando o índice foi de 0,30%. O aumento do preços das passagens de ônibus na capital provocou a elevação do item Transportes, que registrou a maior alta do período (1,92%). O item Habitação subiu 0,28%, abaixo do porcentual registrado na primeiraquadrissemana, quando a alta foi de 0,39%, e os alimentos subiram 0,16% no período, menor na comparação com a primeira préviade março, quando o grupo avançou 0,19%.Já o grupo Educação registrou variação um pouco maior na comparação com a pesquisa divulgada semana passada, de 0,14% noperíodo pesquisado, ante aumento de 0,09%. Despesas Pessoaisteve a queda de preços mais acentuada na comparação entre os doisperíodos. Na primeira prévia do mês, o item teve baixa de 0,36%,mas a pesquisa divulgada esta manhã apontou queda de 0,40%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.