Tarifas de telefone reajustadas

A partir de quinta-feira, os preços das tarifas da Telefônica serão reajustados. O aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A operadora informou ontem que o custo da assinatura residencial mensal, que hoje é de R$ 16,49, vai para R$ 19,77; da assinatura não-residencial, de R$ 24,73 para R$ 30,79; e do pulso local, de R$ 0,08571 para R$ 0,09180. O preço da habilitação não será alterado - R$ 76,62 (ver mais informações em matéria no link abaixo). As chamadas de longa distância dentro do Estado feitas pela Telefônica também ficarão mais caras. O reajuste neste caso será de 11,9%. A Vésper e a Intelig não poderão aplicar nenhum reajuste nos preços dos seus serviços. Isso porque ainda não faz um ano que elas começaram a atuar no mercado. O aumento das tarifas da Vésper deverá ocorrer somente em janeiro. Na Embratel, o aumento será de 11,92% para as ligações de longa distância nacionais e de 3,74% para as chamadas internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.