Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Taxa de desemprego entre os países da OCDE fica estável em 6,8% em julho

Em toda a OCDE, havia 41,6 milhões de desempregados em julho, 7,3 milhões a menos que em janeiro de 2013, quando a taxa atingiu o pico da série histórica

Gabriel Bueno da Costa, O Estado de S. Paulo

09 Setembro 2015 | 08h09

A taxa de desemprego entre os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) manteve-se em 6,8% em julho, mesmo resultado de junho, informou a entidade em seu site nesta quarta-feira. Desde o pico atingido em janeiro de 2013, a queda acumulada na taxa é de 1,3 ponto porcentual.

Na zona do euro, a taxa de desemprego recuou 0,2 ponto porcentual no mês, para 10,9% em julho. A maior queda foi observada na Itália, onde a taxa passou de 12,5% em junho para 12,0% em julho. Nos Estados Unidos, a taxa ficou estável em 5,3% e na Alemanha também houve estabilidade, em 4,7%. Na França, por outro lado, a taxa de desemprego aumentou de 10,3% em junho para 10,4% em julho.

Em toda a OCDE, havia 41,6 milhões de desempregados em julho, 7,3 milhões a menos que em janeiro de 2013, porém ainda 7,1 milhões a mais que em julho de 2008, mês imediatamente anterior ao início da crise.

Mais conteúdo sobre:
OCDE desemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.