Taxa de desemprego no Japão atinge 4,1% em junho

A taxa de desemprego no Japão subiu parao maior nível em quase dois anos em junho à medida em que asfábricas reduziram as contratações, ameaçando o já reduzidovolume de gastos dos consumidores e a economia como um todo,que provavelmente se contraiu no segundo trimestre. Os gastos dos consumidores, um importante indicadoreconômico, caiu 1,8 por cento em junho frente ao mesmo períododo ano passado, marcando a quarta queda mensal consecutiva. Economistas esperavam um recuo de 2,8 por cento, mas o dadomelhor não trouxe motivos para grandes comemorações. Enquanto isso, a taxa de desemprego no país subiu para 4,1por cento, de acordo com dados com ajuste sazonal, anteestimativa de 4 por cento. "Na medida em que o mercado de trabalho trava, os preçosaos consumidores estão subindo e prejudicando o poder de comprados cidadãos e piorando a confiança do consumidor", afirmouNaoki Izuka, economista-sênior da Mizuho Securities.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.