Taxa de desemprego no País fica em 9,3%, a menor desde 2002

Índice médio de desemprego em 2007 é o menor da série histórica do IBGE; taxa de dexzembro fica em 7,4%

Jacqueline Farid, da Agência Estado,

24 de janeiro de 2008 | 09h15

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País caiu para 7,4% em dezembro, a menor taxa mensal apurada na série histórica da pesquisa, iniciada em março de 2002. Em novembro, a taxa havia sido de 8,2% e em dezembro de 2006, de 8,4%.  Veja também:Qualidade do emprego melhora, mas desigualdades continuamCrise externa pode afetar emprego no Brasil, diz IBGE   O resultado de dezembro veio dentro das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado (7% a 7,5%), mas ficou levemente acima da mediana de 7,30%. A taxa média de desemprego para o ano de 2007 ficou em 9,3%, também a menor taxa anual da série. O rendimento médio real dos trabalhadores nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em R$ 1.163,90 em dezembro do ano passado, com aumento de 0,9% ante novembro e de 2,3% ante dezembro de 2006. Na média do ano de 2007, o rendimento aumentou 3,2% em relação ao ano anterior.

Mais conteúdo sobre:
Emprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.