Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Taxa de desemprego só volta a cair quando economia se reaquecer, diz IBGE

Instituto não descarta um novo aumento na desocupação em março, como reflexo das dispensas de trabalhadores temporários após o carnaval e o fim do verão.

Daniela Amorim, da Agência Estado,

22 de março de 2012 | 11h25

O ligeiro aumento na taxa de desemprego na passagem de janeiro para fevereiro já era esperado, pelo movimento de dispensa de trabalhadores temporários, segundo Cimar Azeredo, gerente da Coordenação de Trabalho e Rendimento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período, a taxa de desocupação da População Economicamente Ativa (PEA) passou de 5,5% para 5,7%. "Fevereiro é um mês em que há continuação da dispensa de temporários, dando continuidade ao movimento de janeiro", frisou Azeredo.

O gerente do IBGE ressalta que, embora a taxa esteja em patamares mínimos para os meses de janeiro e fevereiro, o desemprego só deve começar a cair novamente quando a economia voltar a ficar aquecida. "A economia ainda não está aquecida para voltar a gerar postos de trabalho e absorver essa população desocupada. A taxa vai cair quando a economia se aquecer de novo. Segundo a série histórica da pesquisa, esse processo pode se dar no primeiro ou no segundo trimestre do ano", disse.

Azeredo lembra que a inflexão na taxa de desocupação tem acontecido nos meses de abril ou maio, mas em condições normais. "Se houver crise, pode atrasar (a inflexão da taxa), ou pode acontecer algo na indústria ou no comércio que pode antecipar esse processo", contou.

No entanto, o pesquisador não descarta um novo aumento na desocupação em março, como reflexo das dispensas de trabalhadores temporários após o carnaval e o fim do verão. "Ainda pode acontecer mais dispensas em março, em função de o carnaval ter acontecido no fim de fevereiro", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEdesempregorendaemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.