Taxa de Juro de Longo Prazo é mantida em 9,75% ao ano

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu hoje manter em 9,75% ao ano a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) para o quarto trimestre de 2005. Esta decisão, segundo o diretor da Área Externa do Banco Central, Alexandre Schwartsman, tem por base uma expectativa de inflação de 5,5%. Questionado sobre uma possível inconsistência nesta projeção, dado que a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) já aponta para a meta de inflação de 5,1% e o próprio mercado financeiro estima o IPCA na casa de 5,2%, Schwartsman disse que o CMN optou por dar menos volatilidade (oscilação) à TJLP. "Em momentos anteriores, quando a expectativa de inflação do mercado estava acima de 5,5% e o Risco Brasil em 500 pontos, nós não aumentamos a TJLP. Optamos por promover uma suavização", lembrou. "As expectativas são alteradas diariamente. Portanto, os parâmetros não podem ser alterados com base em um ponto único", arrematou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.